NOTICIAS

Trio Brasileiro conquista as 200 milhas de Homestead, nos Estados Unidos

VOLTAR PARA LISTA COMPLETA


Vitória brasileira nas 200 milhas de Homestead, prova de longa duração disputada ontem, em Miami. Com direito a uma volta em cima do segundo colocado, o trio formado por Allam Khodair, Marcelo Hahn e Christian Hahn colocou a bandeira verde e amarela no ponto mais alto do pódio na disputa norte americana.


"Estamos muito felizes com este resultado. Nenhum de nós jamais tinha disputado uma prova de longa duração e, logo de cara, conquistamos a vitória. Estamos muito felizes", disse Marcelo, que ainda fez questão de elogiar os parceiros: "O Allam e o Christian tiveram uma tocada perfeita. Ninguém errou nada e por isso conseguimos vencer com enorme vantagem".

De fato a vitória do trio que conta com patrocínio da Blau Farmacêutica e da marca de preservativos Preserv começou a ser construída já no sábado. E na base da superação. O time brasileiro chegou para a disputa com o objetivo de estrear a nova Lamborghini Gallardo R-EX. No entanto, uma batida ainda nos treinos fizeram com que eles tivessem que apelar para um carro reserva. No caso, o modelo anterior da marca: a Lamborghini Gallardo FL2.

Mesmo assim os brasileiros não desanimaram e já começaram a se destacar nas "Sprint races", provas curtas, de 30 minutos, que servem como treinos. Foram três disputas como esta. Christian Hahn, jovem de 16 anos que compete na F3 brasileira, abriu a série e de cara emplacou um terceiro lugar na primeira corrida curta. Marcelo repetiu a dose. Já Khodair disputou apenas a tomada classificatória das 200 milhas e, mesmo com problemas no sistema de freios ABS, conquistou o terceiro lugar no grid da prova longa.

No domingo, antes da disputa das 200 milhas, um prenúncio: Christian pisou fundo na última prova de curta do final de semana e cruzou a linha de chegada na primeira colocação. "Os bons resultados nas ‘sprint races’ animaram a gente para a prova longa. Sabíamos que éramos capazes. As coisas só precisavam encaixar. E foi o que aconteceu", disse Christian, que pela primeira vez guiava uma Lamborghini.

A largada da prova ficou a cargo de Marcelo. O piloto que campeão sul-americano de GT em 2013 também com uma Lamborghini chegou a cair para o sexto lugar, mas usou toda a sua experiência para recolocar o time na terceira posição antes de entregar o carro para o filho Christian. O novato do trio manteve a tocada e levou o carro até Khodair, que tomou a ponta e cruzou a linha de chegada das 200 milhas em 2h09min28s694.

"Foi um grande resultado. Estou muito feliz de começar o ano com uma vitória dessas, ainda mais ao lado de um parceiro de longa data como o Marcelo. Conquistamos muitas vitórias juntos em campeonatos brasileiros de GT e agora levamos nossa parceria de sucesso até os Estados Unidos. Vamos comemorar bastante e isto já é um sinal de que 2015 pode ser um grande ano para nós", disse o piloto.

Khodair agora se concentra na estreia da Stock Car 2015, que acontece entre os dias 19 e 22 de março em Goiânia. Na mesma data Marcelo disputa a primeira etapa do Mercedes Benz Challenge, categoria onde foi vice-campeão em 2011. Christian, que disputa a F3, só volta a correr no dia 26 de abril, em Brasília.

Português Inglês Espanhol Espanhol
+